• Alimentação

    É Importante apresentar seu filho a o maior número de alimentos possíveis até que ele complete um ano de idade, assim ele vai desenvolver um paladar mais rico e ser menos seletivo aos alimentos quando crescer.

    Estimule seu filho a experimentar alimentos novos, de todos os grupos alimentares: as verduras, os legumes, as proteínas e os carboidratos. Peça orientação ao seu médico ou nutricionista sobre a quantidade ideal desses nutrientes na dieta da criança. Assim ele terá uma alimentação mais rica e balanceada.

    Evite o uso de pratos muito grandes. Pratos menores evitam a ingestão de alimentos em excesso e que a criança como só porque está no prato e não porque ainda está com fome.

    Desde pequenas as crianças devem aprender a identificar quando estão saciadas. Comer sem estar com fome pode levar a compulsão alimentar e obesidade. Esqueça o “clube do prato limpo”. Se a criança não comeu tudo, mas já estiver satisfeita, o melhor é não insistir para terminar o prato.

    Trocar refeições por leite ou petiscos não acrescenta nada a qualidade da alimentação do seu filho. Se ele se recusar a comer a refeição principal, tente entender o motivo, e se não for relevante, não ofereça outros alimentos. Se ele estiver realmente com fome, vai acabar cedendo e comerá o alimento mais adequado. Se a criança perceber que sempre receberá outros alimentos que gosta mais, irá manter o hábito de recusar as refeições, pois sabe que receberá outro alimento mais interessante em troca. E assim perdem uma ótima oportunidade de evoluir o paladar, experimentando sabores novos e diferentes.

    Permita que seu filho ajude a preparar as refeições. É bom para o desenvolvimento dele e o torna mais propício a apreciar e experimentar os alimentos que preparou.

    Levar as crianças na hora de comprar frutas, verduras e legumes é um ótimo exercício para aprender os nomes e tipos de alimentos. Também é uma boa hora para dar a oportunidade de escolherem alimentos novos para experimentar.

    Dê o exemplo! Alimente-se de forma variada, monte pratos coloridos e nutritivos. Coma devagar e evite líquidos nas refeições. As crianças copiam e admiram os hábitos dos pais.






Veja também